sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Valentina Fernandes - Sonhos - Refém de uma promessa

Sinopse:

“Minha vida é resultado das escolhas equivocadas que fiz no passado. Mesmo sabendo o que estava em risco, não fui inteligente e corajoso para enfrentar a realidade.”


Caio Venturini, um jovem lindo, sente um amor incondicional por sua família, a ponto de arriscar perder a mulher de sua vida.

Maria Eduarda, mais conhecida como Duda, é uma jovem apaixonada, cheia de sonhos e com uma personalidade forte. 

Uma promessa envolve os dois em uma teia de mentiras e traições. 
Dois corações machucados e uma história interrompida.

Será que o destino se encarregará de unir novamente estes corações?

Neste romance, você irá descobrir o peso de nossas escolhas e verá que nada tem o poder de destruir a força de um verdadeiro amor.


Resenha:

Nunca foi tão dolorido fazer uma escolha. A promessa de um pai para ser executado por seu filho nunca pareceu tão injusta e desastrosa. Caio tinha planos para ser feliz com Duda e ser a irmã de seu melhor amigo, Pedro, foi o menor de seus empecilhos. A promessa que não cabia a ele executar, mas sim renegar, atrapalhou seus planos.

Narrativa leve e fluída, feita em primeira pessoa principalmente pelos protagonistas, tornaram a leitura rápida e agradável.

Caio é leal a sua família, trabalhador e muito carinhoso. Ele cai em uma armadilha do destino e acaba embarcando em assumir uma promessa feita pelo
pai. E isso diz muito de seu caráter e personalidade.
“Para quem está de fora, assistindo meu drama, pode até parecer que sou um frouxo, mas somente quem vivencia sabe o tamanho do problema.”
Duda ou Maria Eduarda é uma eterna romântica e impulsiva. Entregou-se para Caio, mesmo que seu instinto lhe dizia que algo estava muito errado. Como eterna romântica, mesmo magoada, ela sempre cultivou os sentimentos de amor para Pedro.
“— Se o sentimento era verdadeiro, minha querida, ele nunca se perde. Ele pode até ficar guardado no fundo de nosso coração, mas basta um sopro para que as brasas se reascendam.”

No meio do cumprimento dessa promessa, transtornos psiquiátricos e outras tragédias fazem parte da trama, mostrando não só as desventuras que a vida pode ser, mas como tudo o que nos acontece contribuí para nossa verdadeira felicidade ou nosso sofrimento.
“...a vida se encarregava de nos trazer o que era nosso, bastava acreditar.”
Mais que um romance, uma lição de amor, atitude e vida. “...somos os causadores de nossos males.”

Autora: Valentina Fernandes Facebook


Sobre: Valentina Fernandes, pseudônimo da mineira Cláudia Castro, brasileira,  atualmente reside na cidade de Ipatinga, MG, casada, mãe de dois lindos meninos. Assistente social, graduada pela UFES, especialista em Gênero pela UFOP, trabalha há 13 anos com vítimas de violência, onde aprendeu a respeitar a dor e o tempo do outro.
Sonhadora, romântica e apaixonada pela vida, odeia qualquer tipo de injustiça. Escritora desde criança, onde tudo se transformava em letras, versos, rimas ou histórias. Amante da arte em geral, aprecia as peças de Willian Shakespeare e as poesias de Clarice Lispector.
A autora usa de sua experiência profissional para trazer para ao público temas importantes como violência contra criança e adolescentes, acessibilidade, adoção tardia, dentre outros. Tudo permeado de muitas histórias de amor e superação.

Onde Comprar:

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Ana Sóh & Elissande Tenebrarh – The Underwood’s 01 – Dissoluto

Sinopse:
Sócio do mais famoso bar de motoqueiros de Seattle, Savi Underwood leva a vida seguindo as próprias regras. A principal delas é sempre manter o controle, jamais voltar a cometer seu grande erro do passado. Ele jurou nunca mais corromper alguém. Millicent é uma boa garota. Apesar de carregar um trauma desde a infância, conquista o coração de todos com sua bondade. Após viver anos sofrendo em silêncio, não lhe resta alternativa senão sair pelo mundo, tentar reconstruir sua vida longe do lar. O destino a conduziu a um bar muito peculiar na cidade grande, onde ela conseguiu um emprego como garçonete. Além do ambiente estranho, um dos sócios do bar, um homem coberto de tatuagens e de maneiras rudes, chama sua atenção. Mesmo que sejam completamente diferentes, é evidente a forte atração entre os dois; a inocente Millicent é a maior tentação que um dissoluto como Savi pode enfrentar.


Resenha:
Tão sombrio quanto a cor da capa do livro é o mocinho Savi Underwood, sócio de um famoso bar em Seatle. Arredio e sem compromisso, ele segue mal-humorado e pegador pela cidade. No primeiro momento, Millicent, a nova ajudante do bar, não fisga o interesse dele, mas bastou uma interação entre os dois para que a escuridão que envolvia Savi fosse se dissipando.
Dissoluto: devasso, libertino, depravado, lascivo, crápula... esses são sinônimos que muito descrevem a vida que o protagonista vivia antes de algo acontecer e abalar suas estruturas.

Focado na vida e visão do mocinho, o livro é narrado em primeira pessoa por ele. Millicent e o irmão de Savi, Ethan, fazem uma participação especial de seu ponto de vista, deixando a gente com gostinho de quero mais de cada um deles.

Millicent é meiga, carinhosa, delicada, aplicada e muito assustada. Marcada para sempre com algo que aconteceu no seu passado, ela está preocupada em apenas seguir em frente e tentar deixar de lado o passado. Quando conhece Savi, um homem de aparência bruta e muito intimidante, ela estranha o quanto suas reservas são extintas. Ela mesma não entende como tudo isso foi possível.
“E quando eu digo que gosto, é porque meus sentimentos a respeito de Savi são intensos... Temo que talvez eu esteja me apaixonando por ele. Sim, creio que eu esteja me apaixonando por aquele homem tão diferente de mim.”
Savi é rebelde, incontrolável e bruto.
“A noite já chegou e está na hora de vê-la. A garota que fodeu com a minha mente. Millicent.”
Com toda essa pose, fica difícil imaginar um relacionamento com uma moça tão bondosa e carinhosa como Millicent, ainda mais com um passado obscuro que ele tem. E tudo isso acontece, porque Savi tem um lado protetor, apaixonado e intenso. Ele não imaginava que uma mulher conseguiria extrair amor dele e foi bonito de acompanhar.
“É o meu fim, sei disso, mas não posso negar que Millicent está mexendo verdadeiramente comigo, tocando uma parte que nenhuma mulher, nem mesmo a mais desejosa e hábil na cama, conseguiu.”

Existem amigos fieis complementando a história, tornando ela dinâmica, indiscreta e animada.  Ambos os protagonistas possuem problemas familiares, o irmão de Savi, Ethan, possui uma história mal contada e existem forças contrárias a esse amor surgindo de todos os lados, tanto familiares quanto de estranhos.

A pergunta é, será que eles estão preparados para lidar com tudo isso? Será que vale a pena lidar com tudo isso para ser feliz?




Autoras: Ana Sóh & Elissande Tenebrarh Facebook Facebook

Sobre: 
Ana Paula Santos Weigert, ou Ana Sóh, nasceu em Palmas no estado do Paraná, em 1991. Atualmente, mora em Curitiba, capital deste estado. Escreve poesias desde os treze anos, e descobriu a pouco tempo sua paixão pela literatura erótica. Adora ler, cantar e ama cachorros. Acredita nas coisas simples da vida e no amor. Ana S´h é uma eterna sonhadora!
Elissande Tenebrarh é uma jovem autora do interior do Paraná. Descobriu na leitura uma maneira de viajar para todos os cantos do mundo apenas abrindo as páginas de um livro. De seus pequenos poemas nos tempos de escola, para os dias atuais com seus livros de romance, como uma criança sonhadora, Elissande deseja encantar as pessoas com seu trabalho em cada parte do mundo.



Onde Comprar: