sábado, 29 de julho de 2017

Entrevista com Raíssa Nantes

Resendense, 27 anos. É blogueira do blog literário Livros Românticos, apaixonada por gatos, heavy metal , ama por no papel as fantasias que tem na cabeça. Divide seu tempo livre após o trabalho de auxiliar administrativo com trabalhos artesanais e muita leitura.

Rascunha romances desde os 16 anos, mas só em 2014 se aventurou a mostrar seus escritos utilizando a plataforma Wattpad para publicar Se Eu Fosse Cinderela - título antigo de Verdades Sobre Mim: Revelações - que bateu a marca de 45.000 leituras, sem a obra estar completa. Hoje a autora não publica mais pela plataforma.



1. Quem é Raíssa Nantes dentro do mundo literário (leitor e escritor) e fora dele?
R: Ah! Essa é difícil, dentro do mundo literário é sempre mais fácil falar, fora dele já me complica um pouco, pois no geral sou muito reservada, gosto muito de ser eu mesma e isso incomoda, sou impaciente por que algumas coisas me tiram do sério muito fácil e normalmente não me oponho a mandar ninguém ir catar coquinho. Então para escapar de tudo isso e evitar problemas me abrigo na leitura, que é minha grande motivação para começar a escrever. Dentro de um livro eu viajo e escrevendo um faço com que viajem comigo, por isso gosto tanto desse universo de papel. 

2. Você busca, em seus livros, entreter, deixar uma mensagem ou os dois? Comente um pouco sobre isso.
R: Eu sempre digo que escrevo romances que eu gostaria de ler, normalmente não penso em deixar nenhuma mensagem, porque gosto de ler para relaxar, mas o fato de tomar cuidado para romantizar certas coisas e criar personagens fortes e de personalidade acaba trazendo além do entretenimento uma lição ou outra, mas não é proposital... simplesmente acontece! 

3. O que podemos esperar da série "Verdades"?
R: Bem, acho que não vão ter de esperar muito... rs. Recomeços, que é o ultimo volume da duologia, está quase na metade e vai vir com a mesma carga dramática que Revelações trouxe. Josh precisa saber quem é, precisa lidar com seus vícios e amadurecer e Alice precisa descobrir os motivos de sua mãe estar sempre distante dela. Não sei se para a alegria ou desespero de quem acompanha a duologia, estou pretendendo escrever o SpinOff (Hoje e Sempre) - que contará a história de Natan e Megan, os pais de Melanie (Revelações), acho que as pessoas precisam conhecer a dor dessa mulher que perdeu 20 anos da vida presa em uma clínica psiquiátrica. Ela e Natan merecem uma segunda chance para viver esse amor e quero dar isso a eles, pois merecem depois de tudo que passaram nas mãos de Melissa.

4. Quais são os desafios na hora de escrever?
R: Meu maior desafio é a inspiração na hora errada e os brancos abruptos que duram semanas, ás vezes meses. Eu gosto de escrever quando estou inspirada e a danada da inspiração tem as melhores horas para aparecer, como antes de dormir, enquanto caminho ou estou fazendo algo que não me permite parar e continuar a escrever. E vai embora tão logo ela deseja também, então meu processo de escrita acaba sendo um pouco mais moroso,  somada a todas as responsabilidades que tenho e que rouba um tempo precioso pra mim.

5. Quais são os desafios na publicação dos seus livros?
R: Por publicar independentemente, meu maior desafio acaba sendo, além de toda a produção (capa, revisão e publicação) a divulgação. Muitos leitores ainda torcem o nariz para um autor independente, é como se publicar por uma editora fosse indicador de qualidade para a obra, quando não é. Ter tempo para me dedicar a divulgação do meu trabalho também é escasso, pois como faço tudo e um pouco mais, acabo não conseguindo me dedicar o suficiente para que meu livro alcance mais leitores.

6. Nos conte um pouco sobre os planos para 2017.
R: Bem, tenho duas publicações programadas para esse ano. Temos aí um romance de época com mistérios, drama, fantasmas, romance, sequestros e tudo o mais. Estou quase acabando a revisão dele e deve sair na mesma época que o ultimo volume da duologia Verdades, que não abro mão de publicar ainda esse ano. 

7. Deixe-nos uma mensagem!
R: Antes de mais nada agradeço a oportunidade de estar participando do seu blog, nós autores/editoras não seriamos nada sem blogueiros sérios e responsáveis nos apoiando. O Brasil ainda sofre uma grande defasagem cultural e mídias literárias não muito importantes para que possamos começar a mudar esse quadro. Então, além de boas leituras, desejo-lhes sucesso!

2 comentários:

  1. Amei a entrevista! Talentosa, inteligente, amiga e linda! Essa é a Raíssa.

    ResponderExcluir
  2. Eita mulher porreta!!! Parabéns Raissa e sucesso nesta nova fase de sua vida!!

    ResponderExcluir