quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Sue Hecker & Cassandra Gia - O Despertar da Baba Yaga

Sinopse:
Lara, Yuri e Dimitri estão juntos desde crianças, nunca se separando, mesmo nos momentos de maiores dificuldades. Desde que a menina nasceu, ambos os meninos, com quatro anos à época, caíram e se renderam aos seus encantos, numa ligação de amizade profundamente sincera e bonita. Sofrimentos e alegrias de um são os mesmos para os outros dois, numa ligação espiritual inquebrantável!
Quando Lara, aos quatro anos, começa a ter estranhos “transes”, sem qualquer controle de sua parte, nada mais natural que seus amigos tentem auxiliá-la como podem, sempre dispostos a fazerem isso a qualquer custo. 
No trilhar desse caminho, por si só já difícil, conforme vão crescendo, Lara vivencia uma situação de conflito entre a lealdade a um deles e a paixão por outro, o que complica ainda mais sua busca por respostas! 
Yuri sempre esteve e assim continuará ao lado de Lara e, se tiver que ir ao fundo do poço para a ajudar a encontrar o que precisa para entender melhor seu dom, com certeza o fará sem hesitação! Até mesmo abrir mão de sua menina fofa, desde que isso a faça feliz.
Dimitri ama profundamente seus dois amigos de infância, pelos quais é capaz de fazer qualquer coisa. O simples pensamento de ferir um dos dois já lhe causa uma profunda dor no peito, tão forte quanto a que lhe aperta o coração ao ter pensamentos e desejos insidiosos a lhe invadirem a mente, sem que possa evitar.
Uma história que envolve crises existenciais, tradições que passam de mães para filhas, mistério e paixão, no interior do mundo fantástico do circo, em cidades brasileiras encantadoras, no Pantanal mato-grossense e na linda e envolvente Moscou. Venham conhecer a história dessas três lindas criaturas, cuja ligação espiritual transcende o mundo material.
Mais uma história de magia, inspirada na centenária arte circense, na admirável e fantástica cultura russa e nos meandros do sobrenatural. Senhoras e Senhores, o Gran Circo Asjevilétui (Oживлять - Renascer) apresenta-lhes... O Despertar da Baba Yaga.

Resenha:

Ei, você aí, não se intimide por esse nome ou pelas três pessoas na capa desse livro. Não julgue por isso, porque esse livro lhe reserva muito mais do que os olhos podem ver.
Mais do que uma história, um romance, algo surgido das mentes criativas das autoras. O Despertar refletiu muito no meu modo de ver a amizade, a que nível estamos evoluídos o suficiente para fazer algo por amor. Não foi qualquer tipo de amor...
Você pode ler esse livro sem ter lido a Fênix de Fabergé, porque a história acontece antes de tudo o que nosso poderoso palhaço Bimbom passou. Apesar do circo ser parte da história, ele é mais um plano de fundo para a história de mistério e magia que envolve esse trio. Você tem medo de palhaço? Você não gosta de circo? Recomendo esse livro, para desmistificar e te desafiar.

Lara não é a típica mocinha ingênua. Ela está sempre acompanhada de seus dois escudeiros desde quando nasceu e toda a sua evolução acontece do início ao fim do livro. Iniciamos com uma menina tímida e carinhosa e terminamos com uma mulher poderosa e confiante.

Muitos podem dizer que foi um triângulo amoroso, mas esse relacionamento está muito longe disso. O anjo loiro, Dimitri e o eterno noivo, Yuri, são mais do que pontos para formar esse triângulo com Lara. Misturando um folclore que desconhecia, russo, com nossa realidade atual, os três são almas complementares, amizade e amor que se compartilham. Vocês podem achar que seria um romance a três. Não, erraram novamente. Esse romance trata tudo tão junto, separado e misturado...

Sabe aquela história que te faz refletir sobre a vida, que te deixa sem chão e arranca fortes emoções? Baba Yaga é esse tipo de livro, além de acrescentar conhecimento histórico, geográfico e folclórico. Uma história rica, com conflitos maduros e muito, mas muuuuuuuito criativa!

Não posso esquecer de comentar sobre a passagem de Lara e Yuri no Pantanal Mato-grossense. Fiz questão de tirar fotos com os famosos francisquitos e na Igreja de São Benedito, todos parte da cultura Cuiabana.


Autoras: Sue Hecker & Cassandra Gia Facebook Facebook 

Sobre a autora: 
Sue Hecker é, na verdade, um pseudônimo escolhido por uma grande amiga da autora. Tem 42 anos e é casada com um marido super companheiro, com que tem um filho maravilhoso. Criar estórias e dividi-las com as pessoas começou como um passatempo, que se transformou numa experiência mágica. Ao começar a postar sua primeira criação, nunca, em toda a sua vida, sentiu-se tão amada e querida por tantas novas amigas, conquistadas durante a postagem da estória. Sempre foi uma devoradora de livros e, atualmente, flagra a si mesma sonhando, cada vez mais, em usar sua inspiração para criar mais estórias. Acha incrível como os personagens falam com ela, a todo momento! Na escrita, encontrou a melhor terapia para muitas coisas. Afirma que, em cada palavra que escreve, há mensagens ditadas por sua sensibilidade, que encontra eco em seu coração.


Cassandra Gia é o pseudônimo de Simone Gianotti, nascida na pequenina Conchas (SP), em 1968. Desde que pegou o primeiro livrinho de contos infantis nas mãos, segundo sua mãe, já começou a inventar histórias para as lindas figuras que a encantavam. Leitora compulsiva, sempre gostou de qualquer gênero literário, embora priorizando os romances, que pegava emprestados de uma querida prima. Após passar por algumas universidades, em

cursos diferentes, finalmente se formou em História pela Universidade de Brasília. A Fênix de Fabergé é sua primeira experiência como escritora, após anos revisando e betando livros de outras autoras.

Onde comprar:

7 comentários:

  1. Adorei sua resenha, falou tudo que senti ao ler o livro, parabéns! 😍 Bjs

    ResponderExcluir
  2. Mari Sales, você prova, a cada dia que passa, cada vez mais o quanto é meiga, solidária e um colosso de uma profissional multidisciplinar! Amei a resenha, que me deixou profundamente emocionada! Obrigada por isso e sua ajuda e companheirismo durante toda a jornada! Gratidão!!! ♥️🎪♥️🎪♥️

    ResponderExcluir
  3. Mari sua linda, arrasou na resenha. Vou só me desafogar e já pegarei ele pra conhecer 💖

    ResponderExcluir
  4. Resenha linda! Essa é uma leitura incrível e senti tudo o que você descreveu. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Mari como sempre abrilhantado a literatura nacional. Adorei sua resenha. Já está no meu kindle. Amo mais que chocolate.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari. Como vai?
    Minha primeira vez por aqui e já chego lendo uma resenha apaixonante. Eu li a Fênix de Fabergé e gostei muito da junção da escrita das autoras e tenho certeza que ler A Baba Yaga será outra gostosa leitura.
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Resenha muito linda, que reflete muito bem a essência da história, esclarecendo alguns equívocos dos leitores quando veem a capa e/ou leem a sinopse! O triângulo é de pura e honesta amizade, nada a ver com sexo! Parabéns e obrigada pela qualidade da sua avaliação.

    ResponderExcluir